top of page

Expectativas e rumos


Sempre gostei de fazer listas. Livros para ler no próximo ano, metas de crescimento pessoal, viagens, lugares para conhecer, encontrar mais os amigos, estudar idiomas, coisas a descobrir, emagrecer, ganhar massa muscular, cozinhar pratos diferentes e saudáveis, fazer mais exercícios, mais meditação. Dá pra imaginar que a diversão está mais em fazer as listas de desejos do que em cumprir tantas metas, não dá?

Invariavelmente eu chego ao fim do ano com as listas cumpridas pela metade, mas também, com outro tanto de coisas realizadas e descobertas que não estavam nos planos.


Com minhas leituras sempre foi assim, separo uma pilha de livros que pretendo ler no ano seguinte, mas sempre acabo alterando a lista, ganho algum livro que fura a fila, participo de algum grupo que escolhe outro livro, faço um curso que sugere um terceiro, ou simplesmente, pego um livro na mão e sinto que estou ou não no momento de entrar naquele universo. Você também sente isso às vezes? Uma sensação de que é hora ou não é a hora ideal para ler determinada história?


Os últimos anos foram um treino e tanto para rever nossas expectativas - Covid e desastres naturais de um lado, restringindo nossa mobilidade, e o maior motivo das nossas vidas - a chegada dos nossos três filhos, que, por mais que fosse esperada, virou nossas vidas de cabeça para baixo e nos fez mudar o rumo de vários projetos.


Entre tantas mudanças, consegui publicar meu primeiro livro de contos solo e fiquei muito feliz com a receptividade que o livro está tendo. Não me sentia pronta para publicar, assim como não me sentia pronta para ser mãe, mas "o que a vida quer da gente é coragem" de encarar os desafios e assumir nossos desejos, mesmo com insegurança e incerteza sobre como fazer isso acontecer e que resultado vamos obter. A vida nos pede coragem e nos surpreende como recompensa.


Na primeira foto, meus livros lidos em 2022, ainda tem alguns lidos no Kindle e emprestados da biblioteca que não aparecem na imagem. Na segunda foto, meus desejos de leitura para 2023, outra lista incompleta e sujeita aos imprevistos do caminho.


Quais são seus desejos e expectativas para o próximo ano? Que margem você dá para o acaso?

Comments


bottom of page